Session 2016-2-A Romanofonia e cinema

ROMANOPHONIE ET CINEMA : présentation générale de la session

Avez-vous envie de participer à une session d'intercompréhension sur Miriadi selon un scénario inspiré à la fois de celui de Galanet et de Galapro mais centré sur le cinéma en langues romanes?

A partir d'une sélection de 5 films (Machuca, Infancia clandestina, Mio fratello è figlio unico, La faute à Fidel et O ano em que meus pais saíram de férias) dont le point commun est qu'ils abordent des faits socio-politiques contemporains à travers le regard d'enfants, nous proposons aux participants d'explorer les genres de texte, oraux et écrits en différentes langues romanes, qui gravitent autour du cinéma, de dégager des thèmes, de constituer des groupes de travail (GT) afin de décider de leur production collaborative (par exemple : scénario, séquence pédagogique, interview, dialogue à interpréter ou séquence de film à rejouer, rubrique d'une encyclopédie en ligne, critique cinéma, etc.) et de la réaliser.

Les détails du scénario, les objectifs et les contenus figurent ci-après. Pour inscrire votre équipe d'étudiants (votre GI, groupe insitutionnel), vous trouverez la fiche à compléter au bas de cette page,

Comme il s'agit d'une 1ère expérimentation de ce scénario, le nombre de participants sera limité à environ une centaine et le nombre maximal d'équipes à une dizaine. Pour les mêmes raisons, les langues utilisées se limiteront dans un 1er temps à l'espagnol, le français, l'italien et le portugais.

On vous attend!

DATAS: inicio de agosto 2016 (fase 0), meados de setembro (fase 1, inícios das trocas) até início de dizembro 2016

Cenário / roteiro

Esta sessão, proposta pelas universidades brasileiras UNICAMP e UFMG e aberta a grupos de estudantes de outras línguas románicas e universidades (italiano, francês, espanhol, etc.), seguirá um roteiro em 5 fases :

Fase 0

(1 agosto - 16 setembro): apresentação (local, no grupo institucional -GI-), lançamento, exibição dos filmes e discussões locais.

Fase 1

(19 setembro-4 outubro): quebrar o gelo (encontro online com outros GIs) e levantamento de temas; escolha de temas a ser aprofondado por todos os GIs.

Fase 2 

(5 outubro- 21 outubro): trocas de ideais em torno dos temas escolhidos para definir a produção final (roteiro, atividade didática, encenar uma sequência/um diálogo dos filmes, rubrica de uma enciclopédia online, etc.) ; formação dos grupos mistos de trabalho (GTs).

Fase 3

(24 outubro-4 novembro): estabelecimento da metodologia do trabalho colaborativo  e produção em grupos de trabalho (GTs).

Fase 4

(7 novembro-22 novembro): publicação e avaliação da produção dos GTs.

Fase 5

(23 novembro-9 dezembro): reflexão e encerramento.

Objetivo geral :

Explorar as culturas de diferentes áreas de fala românica através da sua cinematografia visando à expansão do conhecimento sobre elas.

Objetivos específicos

Objetivo cultural :

Abordar as culturas românicas através da produção cinematográfica enquanto um meio de aprendizagem transversal para conteúdos históricos, socioculturais, artísticos, linguísticos.

Objetivo intercultural :

Adotar  um enfoque comparativo e intercultural para desenvolver as capacidades  de relacionar a cultura de origem e as outras culturas e assim ultrapassar as relações estereotipadas (Conselho da Europa, 2001: 151)[1].

Objetivos comunicativos :

- Promover  estratégias de interação e colaboração online com alunos de outras línguas e culturas românicas por meio de uma produção em português compreensível aos demais, praticando, assim, uma comunicação plurilingue  através da qual cada um compreende as línguas dos outros e se exprime na(s) língua(s) românica(s) que conhece (intercompreensão).

- Expandir as competências comunicativas de alunos brasileiros em francês (todas as habilidades) e em outras línguas românicas (especialmente as habilidades receptoras em espanhol e italiano).

Objetivo linguístico : 

 Desenvolver uma competência plurilingüe baseada na capacidade de comparar as línguas já conhecidas (português e francês) entre si e com outras línguas românicas.

Conteúdos

Mostra de uma seleção de filmes de curta, média ou longametragem, a partir dos quais é possível abordar relações interculturais de conflito, em contextos plurilingues ou em que se registram variações e conflitos de natureza linguística, ideológica e política.
Cultura cinematográfica: montagem, enquadramento, ponto de vista, trama, personagens, tempos e espaços.
Atividades de compreensão escrita e oral nas diferentes línguas românicas a partir de uma escolha de textos relacionados à seleção de filmes e de variados gêneros textuais: sinopses, fichas técnicas, críticas especializadas, entrevistas com diretores e atores, comentários de espectadores, biografias de autores e diretores, etc.
Atividades de produção em francês e português: apresentação oral, interações e publicações online.
Exploração da “romanofonia”: extensão, convergências e divergências linguísticas e culturais, marcadores de identificação.

Seleção de 5 filmes da mostra inicial (fase 0)

Vejam os trailers!

La faute à Fidel  (2006). França, Itália. Realisation: Julie Gavras.

Machuca (2003). França, Reino Unido, Espanha, Chile. Director: Andrés Wood

Mio fratello è figlio unico (2007). Itália e França. Regia: Daniele Luchetti

O ano em que meus pais saíram de férias (2006). Brasil. Direção: Cao Hamburger

A infancia clandestina (2012). Espanha, Argentina, Brasil. Direção: Benjamin Avila

Cartaz de Infancia clandestina

[1] http://www.dge.mec.pt/sites/default/files/Basico/Documentos/quadro_europ...

 

Inscrivez votre équipe