II Colóquio Internacional Intercompreensão de Línguas Românicas

De 28 a 30 de setembro de 2016 - Natal, UFRN

II Colóquio Internacional Intercompreensão de Línguas Românicas: formação e práticas de inserção. Site du colloque

Modalidade: Conferências, mesas-redondas, comunicação e sessão plenária ( participação do público)

Comissão organizadora:

  • Profa. Selma Alas Martins
  • Prof. Rudson Gomes de Sousa
  • Profa. Heloisa Albuquerque Costa

Mesa de abertura

  • Profa. Angela Paiva Cruz– Reitora da UFRN
  • Profa. Maria da Graça Soares – Diretora do CCHLA
  • Profa. Katia Aily Camargo – Chefe do DLLEM
  • Justina Iva de Araújo Silva - Secretária Municipal de Educação de Natal
  • Patrick Chardenet – Agência Universitária da Francofonia
  • Catherine Petillon - Adida de cooperação educativa- Embaixada da França
  • Cecilia Goloboff - Adida de cooperação para o francês- Recife

Sessão Solene da Criação da Rede Sudamericana de Intercompreensão

Conferências: Abordagem plural e lugar da intercompreensão

  • 1ª Patrick Chardenet (AUF) – A intercompresão em línguas românicas e mobilidade internacional : cooperações universitárias sudamericanas
  • 2ª Jean-Pierre Chavagne (Président de l'APICAD) (segunda manhã) - L'intercompréhension, autre catalyseur d'un dialogue planétaire
  • 3ª Christian Degache (UFMG) ( terceira manhã) - Além da carga horária : ministrar oficinas de francês e intercompreensão na escola média pública brasileira, desafío e perspetivas

Mesas-redondas: compartilhamento de experiências

Mesa 1 – Intercompreensão nas universidades: formação e extensão

  • Universidade de São Paulo:  Heloisa Albuquerque Costa -
  • Universidade Fedeal do Paraná: Karine Marielly Rocha da Cunha
  • Universidade de Aveiro: Maria Helena Araujo Sá
  • Universidade Federal de Campina Grande: Josilene Pinheiro-Mariz

Mesa 2 – Intercompreensão na educação básica: inserção e expansão

  • Secretaria Municipal de Educação de Natal: Rudson Gomes de Souza
  • Universidade de Génève (Suiça): Mariana Dominguez Fonseca
  • Universidade de Córdoba (Ar): ?
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte:Selma Alas Martins

Oficinas: Apresentação e participação em modalidades de prática da intercompreensão

  • Oficina 1- Euromania: intercompreensão no ensino fundamental (10 a 14 anos) ( Mariana)
  • Oficina 2- InterRom: intercompreensão no ensino médio ( Cecilia ou ??)
  • Oficina 3- Miriadi- Como trabalhar em rede (Chavagne, Degache)
  • Oficina 4: Plataforma Galapro: formação de formadores para e pela intercompreensão (Maria Helena)
  • Oficina 5: A Intercompreensão em Línguas Românicas como ferramenta para o ensino plural de idiomas (Karine)
  • Oficina 6 : Elaboração de atividades didática com base na intercompreensão- Janaína Oliveira (IFRN), Maria Carolina Lúgaro (IFRN), Yane Carvalho (IFRN) e Luiza Marilac Uchoa ( UEPI)

Comunicações: Apresentação de pesquisas ou relatos de experiência com a intercompreensão

Eixos temáticos

  1. Intercompreensão entre Línguas Românicas e educação básica
  2. Intercompreensão entre Línguas Românicas e formação de professores
  3. Intercompreensão entre Línguas Românicas e elaboração de material didático
  4. Intercompreensão entre Línguas Românicas e políticas linguísticas

Sessão plenária: ao longo do colóquio os participantes preparam perguntas e na sessão plenária promove-se discussão: Participação de todos os convidados à mesa

30/09- Sexta-feira à tarde : Reunião com todos os convidados e interessados

Bilan do Colóquio e Criação da rede Sudamericana de Intercompreensão 

Site du colloque

Commentaires

Feliz pelo sucesso do II colóquio, organizado na UFRN pelo grupo da IC. Mais uma injeção de ânimo para continuar tentando implantar o plurilinguismo nas aulas de línguas de nossas escolas, especialmente naquela em que trabalho, cujos alunos precisam muito de novas didáticas que sirvam de motivação para as aulas. Agradecida pela oportunidade de participar mais uma vez e aprender com tantos trabalhos. Abraço a todos.